A Visão De Patmos.


  Série da Livro de Apocalipse.

João em Patmos.


William Branham.

Leia a conta completa em...
A Visão De Patmos.

Apocalipse 1:9,10
“Eu, João, que também sou vosso irmão, e companheiro na aflição, e no reino, e paciência de Jesus Cristo, estava na ilha chamada Patmos, por causa da palavra de Deus, e pelo testemunho de Jesus Cristo.
Eu fui arrebatado em espírito no dia do Senhor, e ouvi detrás de mim uma grande voz, como de trombeta,”

Esta série de visões da Revelação da Pessoa de Jesus Cristo foi dada a João enquanto ele foi em exílio para a Ilha de Patmos. Esta pequena ilha encontra-se a quarenta e oito quilómetros da costa da Ásia Menor no Mar Egeu. Sendo rochosa e infestada de cobras, lagartos e escorpiões, tinha pouco valor comercial, por isso era usada pelo Império Romano como colónia penal onde eram colocados os criminosos mais desesperados, prisioneiros políticos, etc.

Vai reparar que João já se tinha dirigido aos Cristãos como irmão na tribulação. Foi nesta altura que a igreja primitiva estava a passar por grandes perseguições. A religião deles não era apenas “criticada por toda a parte” mas as próprias pessoas eram presas e mortas. João, como multidões de outras pessoas, estava agora preso pela Palavra de Deus e pelo testemunho de Jesus Cristo. Quando foi detido, tentaram, em vão, matá-lo ao fervê-lo em azeite durante vinte e quatro horas. Os oficiais, furiosos e impotentes, sentenciaram-no a ir para Patmos como um bruxo. Mas Deus estava com ele, e ele foi poupado para deixar a ilha e voltar a Éfeso onde continuou novamente como pastor até ao tempo da sua morte.

A Séptupla Glória da Sua Pessoa.

Apocalipse 1:14-16,
“E a sua cabeça e cabelos eram brancos, como lã branca, como a neve, e os seus olhos como chama de fogo; E os seus pés, semelhantes a latão reluzente, como se tivessem sido refinados numa fornalha, e a sua voz como a voz de muitas águas. E ele tinha na sua destra sete estrelas; e da sua boca saía uma aguda espada de dois fios; e o seu rosto era como o sol, quando na sua força resplandece.”

Como foi comovente e inspirador o aparecimento de Jesus a João, que estava em exílio por causa da Palavra, e eis, a PALAVRA Viva está agora perante ele. Que visão iluminada, porque cada atributo descritivo tem um significado. Que revelação do Seu Ser glorioso!

1. O Seu Cabelo branco como a neve.

João repara primeiro e fala da brancura do Seu cabelo. Era branco e brilhante como a neve. Isto não era devido à Sua idade, oh não. O cabelo branco e brilhante não representa idade, mas experiência, maturidade e sabedoria. O Eterno não envelhece. O que é o tempo para Deus? O tempo pouco significa para Deus, mas a sabedoria significa muito. Como na altura em que Salomão pediu a Deus sabedoria para julgar o povo de Israel. Agora, Ele vem aí, o Juiz de toda a terra. Ele vai ser coroado com sabedoria. É isso que o cabelo branco e reluzente significa.

Ele era o Juiz a abrir os livros e a julgar a partir deles. Daniel viu-O a vir nas nuvens. Foi exactamente aquilo que João viu. Os dois viram-No exactamente da mesma forma. Eles viram o Juiz com o Seu cinto de juízo sobre os Seus ombros, de pé, puro e santo, cheio de sabedoria, completamente qualificado para julgar o mundo em justiça. Aleluia.

2. Os Seus olhos como fogo.

Pense nisso. Aqueles olhos que uma vez estiveram obscurecidos com lágrimas de sofrimento e de piedade, aqueles olhos que choraram de compaixão na sepultura de Lázaro, aqueles olhos que não viram o mal dos assassinos que O penduraram numa cruz, mas em sofrimento clamou: “Pai, perdoa-lhes.” Agora, aqueles olhos são uma chama de fogo, os olhos do Juiz Que vai castigar todos aqueles que O rejeitaram. De todas as emoções humanas, a que Ele mais manifestou quando apareceu como Filho do Homem foi esta, Ele chorava frequentemente. No entanto, atrás desse choro e desse sofrimento ainda havia Deus. Aqueles mesmos olhos tinham visões; olhavam profundamente nos corações dos homens e liam os seus próprios pensamentos e conheciam todos os seus variados caminhos. Deus estava a mostrar o esplendor atrás de olhos mortais, Que chamavam a atenção daqueles que não O conheciam para aquilo que Ele era. João 8:24 “…Se não crerdes que eu sou ele, morrereis nos vossos pecados.” João 10:37-38 “Se não faço as obras do meu Pai, não me acrediteis. Mas, se as faço (as obras do Meu Pai), e não credes em mim, crede nas obras…” Como Jeremias antigamente, Ele foi o profeta das lamentações, porque os homens não receberam a Palavra de Deus e deixaram de lado a revelação.

Aqueles olhos flamejantes do Juiz estão agora a gravar as vidas de toda a carne. Percorrendo toda a terra, não há nada que Ele não saiba. Ele conhece os desejos do coração e aquilo que cada um pretende fazer. Não há nada escondido que não venha a ser revelado, porque todas as coisas estão nuas aos olhos Daquele com Quem temos de tratar. Pense nisso, Ele sabe agora mesmo aquilo que você está a pensar.

Sim, ali está Ele como Juiz com olhos flamejantes para administrar o juízo. O dia da misericórdia está terminado. Oh, que os homens se possam arrepender e buscar a Sua face em justiça enquanto ainda há tempo; para que possam fazer do Seu seio o travesseiro antes que o mundo se dissolva em fogo.

3. Os pés de bronze.

“E os Seus pés semelhantes a latão reluzente, como se tivessem sido refinados numa fornalha.” Latão é conhecido pela sua dureza considerável. Não há nada conhecido que se consiga juntar a isso para o temperar. Mas este latão que descreve os Seus pés é ainda mais notável porque resistiu ao teste da fornalha de fogo, um teste por que mais ninguém passou. Exactamente. Porque latão representa o Juízo Divino: um juízo que Deus decretou e fez com que acontecesse. Números 21:8-9, “E disse o Senhor a Moisés: Faz uma serpente ardente, e põe-na sobre uma haste; e será que viverá todo o mordido que olhar para ela. E Moisés fez uma serpente de latão, e pô-la sobre uma haste; e era que, mordendo alguma serpente a alguém, olhava para a serpente de latão, e ficava vivo.” Israel tinha pecado. O pecado tinha de ser julgado. Assim, Deus ordenou que Moisés colocasse uma serpente de latão numa haste e aquele que olhasse era salvo da pena do seu pecado.

Mas um dia aqueles pés de latão vão estar colocados sobre a terra. E Ele será o Juiz de toda a terra e, com equidade e perfeição, julgará a humanidade. E não haverá forma de escapar desse juízo. Não há como evitar essa justiça. Não haverá como acalmar aquilo. Aquele que é injusto continuará injusto; aquele que é imundo continuará imundo. O Imutável não vai mudar naquela altura, porque Ele nunca mudou e nunca vai mudar. Aqueles pés de latão vão esmagar o inimigo. Vão destruir o anticristo, a besta e a imagem e todos os que são vis aos Seus olhos. Ele vai destruir os sistemas da igreja que tomaram o Seu Nome apenas para corromper o seu brilho e vai esmagá-los juntamente com o anticristo. Todos os ímpios, os ateus, os agnósticos, os modernistas, os liberais, vão todos estar lá. A morte, o inferno e a sepultura vão estar lá. Sim, vão estar lá. Porque quando Ele vier, os livros serão abertos. É aí que a igreja morna e as cinco virgens néscias vão aparecer. Ele vai separar as ovelhas dos bodes. Quando Ele vier, Ele vai tomar o reino, porque é Seu, e com Ele estarão os milhões de milhões, a Sua Noiva, que vêm para ministrar a Ele. Glória! Oh, é agora ou nunca. Arrependa-se antes que seja demasiado tarde. Acorde de entre os mortos e busque a Deus para ser cheio com o Seu Espírito ou vai perder a Vida Eterna. Faça-o agora enquanto ainda há tempo.

4. A Sua voz era como a voz de muitas águas.

Agora o que representam as águas? Apocalipse 17:15 “…As águas que viste,… são povos, e multidões, e nações, e línguas.” A Sua voz era como o som de multidões a falar. O que é isto? É o juízo. Porque estas são as vozes das multidões de testemunhas que, pelo Espírito Santo, ao longo de todas as eras, têm testificado de Cristo e pregado o Seu Evangelho. Será a voz de todos os homens que se vão levantar no juízo contra o pecador que não prestou atenção ao aviso. As vozes dos sete mensageiros serão ouvidas em alto e bom som. Esses pregadores fiéis que pregaram acerca do poder salvador de Jesus, que pregaram acerca do baptismo na água no Nome de Jesus, que pregaram acerca de ser cheio do Espírito Santo e do Seu poder, que permaneceram na Palavra mais do que permaneceram com as suas próprias vidas; todos eles foram a voz de Jesus Cristo pelo Espírito Santo ao longo das eras. João 17:20 “E não rogo somente por estes, mas, também, por aqueles que, pela sua palavra, hão de crer em mim.”

Oh, se conseguisse ver isto. Foram as águas que destruíram o mundo, mas foram as mesmas águas que salvaram Noé e também preservaram toda a terra para Noé. Ouça a Sua voz, a voz dos Seus servos, enquanto ela chama ao arrependimento e à vida.

5. Na Sua destra estavam sete estrelas.

“E tinha na Sua destra sete estrelas.” Agora, claro que já sabemos pelo versículo vinte aquilo que as sete estrelas realmente eram. “E o mistério das sete estrelas são os anjos (mensageiros) das sete igrejas.” Agora nós não podíamos cometer um erro aqui de forma nenhuma, quando Ele nos interpreta isso. Estas sete estrelas são os mensageiros às sete eras sucessivas da igreja. Eles não são chamados pelo nome. São apenas definidos como sendo sete, um para cada era. Desde a Era de Éfeso até a esta Era de Laodicéia, cada mensageiro trouxe a mensagem de verdade ao povo, nunca deixando de manter a Palavra de Deus para aquela era da igreja em particular. Cada um deles firmou-se a isso; eles foram firmes na sua lealdade para com a luz original. Enquanto cada era se afastou de Deus, o Seu mensageiro fiel voltava a levar essa era à Palavra. A força deles vinha do Senhor ou nunca conseguiriam remar contra a maré. Eles estavam seguros no Seu cuidado, porque nada os poderia arrancar da Sua mão, nem nada os conseguiria afastar do amor de Deus, fosse a enfermidade, o perigo, a nudez, a fome, a espada, a vida ou a morte. Eles estavam verdadeiramente rendidos a Ele e eram mantidos pela Sua omnipotência. Eles não se preocupavam com a perseguição que vinha contra eles. A dor e o desdém eram apenas razão para darem glória a Deus por serem achados dignos de sofrer por causa Dele. E dando graças pela Sua salvação, eles ardiam com a luz da Sua vida e reflectiam o Seu amor, a paciência, a mansidão, a temperança, a bondade, a fidelidade. E Deus defendeu-os com prodígios, sinais e milagres. Eles foram acusados de ser fanáticos religiosos. Eles foram denunciados por organizações e foram escarnecidos, mas permaneceram fiéis à Palavra.

E este conforto não é apenas para os mensageiros das sete eras da igreja. Todo o crente verdadeiro está na mão de Deus e pode usufruir do Seu amor e do Seu poder e receber os benefícios completos de tudo aquilo que Deus é para o crente. Aquilo que Deus dá ao mensageiro e como Ele abençoa e usa o mensageiro, é um exemplo para todos os crentes da Sua bondade e cuidado para com TODOS os membros do Seu corpo. Amém.

6. A Espada de dois fois.

Apocalipse 1:16 “E da sua boca saía uma aguda espada de dois fios.” Hebreus 4:12 “Porque a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais penetrante do que espada alguma de dois gumes, e penetra até à divisão da alma e do espírito, e das juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração.” Da Sua boca saía a espada de dois fios que é a PALAVRA DE DEUS.

Agora, Paulo disse que a Palavra veio em poder e também em voz. A Palavra pregada, verdadeiramente demonstrada. Como uma espada flamejante, cortante, entrou nas consciências dos homens e, como o bisturi de um cirurgião, cortou as enfermidades e libertou os cativos. Esses crentes primitivos foram por toda a parte, “eles foram pregando o Evangelho (a Palavra) e Deus confirmou aquela Palavra com sinais que se seguiam.” Os enfermos eram curados, os demónios eram expulsos e eles falavam em novas línguas. Essa era a Palavra em acção. Essa Palavra nunca falhou nas bocas dos crentes Cristãos. E nesta última era está aqui mais forte e maior do que nunca na verdadeira noiva da Palavra. Oh, pequeno rebanho, pequena minoria, firma-te à Palavra, enche a tua boca e o teu coração com ela e um dia Deus vai dar-te o reino.

7. O Seu rosto como o sol.

Apocalipse 21:23 “E a cidade não necessita de sol nem de lua, para que nela resplandeçam, porque a glória de Deus a tem alumiado, e o Cordeiro é a sua lâmpada.” Esta é a nova Jerusalém. O Cordeiro estará nessa cidade e, por causa da Sua presença, não será necessária luz nenhuma. O sol não vai nascer nem brilhar lá, porque Ele é o Sol e a Luz dela, Ele mesmo. As nações que entrarão nela vão andar na Sua luz. Não está contente por esse dia estar próximo? João viu esse dia a chegar. Sim, Senhor Jesus, vem rapidamente!

Malaquias 4:1-3 “Porque, eis que aquele dia vem ardendo como forno; todos os soberbos, e todos os que cometem impiedade, serão como palha; e o dia que está para vir os abrasará, diz o Senhor dos Exércitos, de sorte que lhes não deixará nem raiz nem ramo. Mas, para vós que temeis o meu nome, nascerá o Sol da justiça, e cura trará debaixo das suas asas; e saireis, e crescereis como os bezerros do cevadouro. E pisareis os ímpios, porque se farão cinza, debaixo das plantas dos vossos pés, naquele dia que farei, diz o Senhor dos Exércitos.” Aí está novamente. O SOL a brilhar em toda a sua força. Oh, a força do Filho de Deus a brilhar no meio dos sete castiçais de ouro. Ali está Ele, o Juiz, Aquele que sofreu e morreu por nós. Ele tomou a ira do juízo Divino sobre Si mesmo. Ele pisou o lagar da fúria da ira de Deus sozinho. Como já afirmamos, para o pecador, a Sua voz é como o som de uma catarata ou como bater contra as ondas de morte sobre as margens rochosas. Mas para o santo, a Sua voz é como o som do riacho que canta suavemente enquanto se deita para descansar, satisfeito em Cristo. Brilhando sobre nós com os Seus raios quentes de amor, Ele diz: “Não temas, eu sou Aquele Que Era, Que É, Que Há-de Vir; eu sou o Todo-poderoso. Para além de Mim não há outro. Eu sou o Alfa e o Ómega, TUDO isso.” Ele é o Lírio do Vale, a Brilhante Estrela da Manhã. Ele é o mais belo das dezenas de milhares para a minha alma. Sim, esse grande dia está pronto a nascer e o Sol da Justiça vai nascer com cura nas Suas asas.

Leia a conta completa em... A Visão De Patmos.



Hub da mensagem...Escolha o seu idioma e baixar mensagens gratuitas do Irmão Branham.


O mistério de Cristo.

Inglês site newsletter.

O livro do Apocalipse.

 

Deus e Ciência série.
- Arqueologia.

Rapto está chegando.

 
 

Principais ensinamentos da mensagem.

A nuvem sobrenatural.

Pilar de fogo.

As boas notícias.
Jesus morreu pelos seus
pecados.

Batismo na água.

 
 

A Shekinah glória de Deus.

O túmulo está vazio.
Ele está vivo.

Os Precursores.

Deus é Luz.

A Divindade Explicada.

Os atos do profeta.

As sete eras da igreja.

Os sete selos.

Deus e História série.
Profecias de Daniel.

Série caminhada Cristã.

A série de Natal.

Vivendo Palavra série.

Tempo do fim série.

O nome de Deus.

A Visão De Patmos.

Arca de Noé.

Bíblico da Geologia.

Pecado original.
Era uma maçã?

Mitologia na Bíblia.
A Fonte - Babilônia.
Casamento e Divórcio.
Deus e Ciência.
- Evolução.

Essa Mulher Jezabel.

Nossa idade Laodicéia.

Cristo fora da Igreja.

A Nicolaítas.

O Anjo Aparece.

A voz do sinal.

Morte. E então?

Mistério Babilónia.

Deus e Ciência.
Microbiologia.

Deus e Ciência.
Cosmologia.

Deus e Ciência.
Mito dos dinossauros.

A vindicação de um profeta.

Julgamento Terremoto.

Armagedon.

Arqueologia.
Sodoma e Gomorra.

A cura divina.

 

Este dia esta Escritura
é Cumprida.

Nosso Sistema Solar
jovem.

Nossa lista de
mensagens.

Evidência para a
inundação.


O livro do Apocalipse.
Continua na página seguinte.
(Árvore da Vida. Pecado original.)


Ali está Ele
como Juiz
com olhos
flamejantes
para administrar
o juízo.


  A Escritura diz...

E eu, quando o vi, caí aos seus pés, como morto; e ele pôs sobre mim a sua destra, dizendo-me: Não temas; Eu sou o primeiro e o último;

E o que vivo e fui morto, mas eis aqui estou vivo para todo o sempre. Amém. E tenho as chaves da morte e do inferno.

Apocalipse 1:17-18.


Clique em uma imagem para baixar em tamanho grande foto ou PDF.


Ele é o eu sou.

 

Cristo.
No castiçal dourado.

Os atos do profeta.

(PDFs)

The Two Babylons

by Rev Alexander Hislop.
(PDF Inglês)

Um lado da montanha
e roseira na neve
em China.

Lírios de fogo.

Pilar de fogo.
- Houston 1950.

Luz em uma rocha da
pirâmide.